Criptomoedas em diferentes direções; Walmart e Amazon propõem patentes com bitcoin

 

Investing. com – O bitcoin e outras moedas virtuais estavam em diferentes direções nesta segunda-feira, já que rumores de regulamentação diminuíam o apetite dos investidores e as gigantes varejistas norte-americanas Walmart (NYSE:WMT) e Amazon tentavam monetizar a tecnologia.

O bitcoin estava cotado a US$ 8.935,0, alta de 0,02% às 09h44 na corretora Bitfinex.

BitcoinTrade
BitcoinTrade é a plataforma mais segura do Brasil para comprar e vender Bitcoin e Ethereum, junte-se agora a mais de 135 mil clientes satisfeitos. Gerencie também suas moedas digitais utilizando nosso aplicativo para dispositivos com iOS (iPhone) ou Android. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

No Irã, o banco central proibiu que bancos negociassem criptomoedas. O Banco Central do Irã já tinha declarado que a negociação de bitcoin em plataformas de câmbio era ilegal.

O país está preocupado com o fato de que moedas virtuais possam ser utilizadas para lavagem de dinheiro e aumentar a crise cambial. Sua moeda, o rial, caiu à mínima histórica no mês passado devido a preocupações com o retorno de sanções.

Donald Trump, presidente norte-americano, deverá decidir até 12 de maio se implementa sanções econômicas sobre o Irã; essas sanções haviam sido retiradas em um pacto de 2015 com seis países importantes, incluindo os EUA.

Enquanto isso, o Banco Nacional de Dubai foi o primeiro banco na região a implementar tecnologia blockchain na emissão de cheques para evitar fraudes. Trata-se de um dos maiores bancos do Oriente Médio em termos de volume de ativos.

Nos EUA, John Williams, presidente do Federal Reserve Bank de São Francisco, afirmou que criptomoedas não moedas de fato.

“Uma criptomoeda não passa no teste básico do que uma moeda deveria ser”, afirmou ele. Seu comentário ecoa outros reguladores que permanecem céticos sobre o uso de moedas digitais.

Além disso, varejistas norte-americanos tentam usar o bitcoin e a tecnologia blockchain para facilitar o transporte o pagamento de mercadorias. A gigante varejista Walmart Inc (NYSE:WMT) patenteou um sistema de pagamento em blockchain para fornecedores e clientes. O sistema irá processar automaticamente o pagamento de produtos e serviços, além de criptografar as transações em uma blockchain.

A varejista on-line e sua rival Amazon.com (NASDAQ:AMZN) também patenteou o bitcoin para ser usado com rastreamento. A empresa espera rastrear fluxos de dados, combinar as informações e então vender os dados, retirando o anonimato do bitcoin. A Amazon afirma que a cada momento em que ocorre uma transação de bitcoin, outros dados podem ser capturados, criando um perfil para varejistas, provedores de internet e bancos.

Outras moedas virtuais estavam em diferentes direções, com o ethereum, segunda maior criptomoeda em termos de capitalização de mercado, avançando 2,76% para US$ 644,20 na corretora Bitfinex. O ripple, terceira maior criptomoeda, recuava 2,59% e era negociado a US$ 0,87376 enquanto o litecoin era negociado a US$ 151,87, alta de 0,81%.

Fonte: MoneyTimes