A Reação Não é só Contra as Criptomoedas é Contra Qualquer Ameaça

Esse caso do NUBANK, mostra bem os grandes bancos em tentar evitar de todas as formas o crescimento de quem inova, isso que é sentido com relação a criptomoedas.

Infelizmente no Brasil temos uma concentração muito grande de poder junto aos grandes bancos, nos EUA você tem mais de 20.000 bancos, inclusive de uma única agência.

Essa concentração permite a eles inviabilizar qualquer inciativa, ou mesmo criar dificuldades pata que as tornem inviáveis.

O lucros dessas corporações no Brasil é indecente, algo não possível na maior parte do mundo e o seu envolvimento com o poder é muito grande.

De certa forma temos um sistema financeiro bem organizado, o que é bom, e existem até iniciativas do nosso Banco Central para tentar reduzir esse poder através da abertura para os bancos cooperativos e IP (instituições de pagamento).

Focando nas criptomoedas, o impacto para os grandes bancos é enorme, a possível queda de arrecadação com taxas já foi até relatado em um report recente do JP Morgan Chase, onde deixou claro o porquê de ser totalmente contra “moedas virtuais”, ou seja admitiu perda de receita.

Bom, vamos acompanhar o NUBANK e ver onde isso vai dar.

Texto escrito por Marco Vidal – Linkedin / Facebook

Fonte: Exame

Parceiros – live ProduçõesClube do HipismoMAVThaty Aulas